Publicado por: rigson | 6, outubro, 2008

Aula Prática X – Gastrulação

Gastrulação

Entende-se por gastrulação o processo através do qual o disco embrionário
(bilaminar, formado por duas camadas) é convertido em um disco trilaminar
(trilaminar). Este é o início da morfogênese (desenvolvimento da forma do corpo).
No início da terceira semana surge na linha média do aspecto dorsal do
embrião a linha primitiva, uma camada espessa de células epliblásticas (células do
epiblasto). Na extremidade cefálica da linha primitiva, células se proliferam
originando o nó primitivo, e simultaneamente, dentro desta linha, surge um sulco,
conhecido como sulco primitivo, que no local de encontro com o nó primitivo,
forma uma estrutura conhecida como fosseta primitiva. A linha primitiva torna
possível identificar o eixo cefálico-caudal do embrião, assim como suas
extremidades dorsal e ventral e seus lados direito e esquerdo.
Em seguida, surge na superfície da linha primitiva uma rede frouxa de
tecido conjuntivo denominado mesênquima, que irá formar os tecidos de
sustentação do embrião. Alguns tecidos mesenquimais (originados do
mesênquima) formam uma camada conhecida como mesoderma intraembrionário.
Algumas células da linha primitiva se proliferam e deslocam o
hipoblasto originando mais uma camada de células chamada endoderma intraembrionário.
Neste mesmo estágio, o restante do epiblasto passa a ser chamado
de ectoderma intra-embrionário. Ou seja, as células do epiblasto dão origem a
todas as três camadas germinativas do embrião, que são o primórdio de todos os
tecidos e órgãos. A partir da quarta semana, a linha primitiva diminui e se torna
uma estrutura insignificante no embrião, em geral, com o desenvolvimento do
embrião, degenera e desaparece.

As três camadas germinativas (ectoderma, mesoderma e endoderma) dão
origem aos primórdios de todos os tecidos e órgãos. Seus principais derivados
são:

Ectoderma (em azul)

Sistema Nervoso Central (SNC); Sistema Nervoso Periférico (SNP); epiderme e seus apêndices (pêlos e unhas), glândulas mamárias e subcutâneas; hipófise, meninges.

Mesoderma (em vermelho)

Tecido conjuntivo; cartilagem, ossos, músculo estriado e liso; coração; sangue, vasos e células linfáticas; rins; ovários; testículos e membranas de revestimento das cavidades corporais (pleuras, pericárdio..)

Endoderma (em amarelo)

Revestimento epitelial dos tratos gastrointestinal e respiratório;glândulas tireóide e paratireóide; timo; fígado; pâncreas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: